segunda-feira, 30 de novembro de 2015

- ESTUDANDO O LIVRO DOS ESPÍRITOS. - LIVRO SEGUNDO. - CAPÍTULO. I. - ANJOS E DEMÔNIOS. - Questão. Nº. 129. - ALLAN KARDEC.

                  O LIVRO DOS ESPÍRITOS.                    

                          LIVRO SEGUNDO.
           
                                  CAPÍTULO. I.

                                ANJOS E DEMÔNIOS.

            Questão. Nº. 129. – Os anjos percorreram todos os graus da escala? 

            - Percorreram todos os graus, mas, como já dissemos, alguns aceitaram suas missões sem murmurar e chegaram mais depressa; outros, gastaram um tempo mais ou menos longo para alcançarem a perfeição.

Fonte: “O LIVRO DOS ESPÍRITOS” - Allan Kardec - 54a. Edição - Editora LAKE - São Paulo, SP - 1994.


                       RHEDAM. (mzgcar@gmail.com)

- DIVULGAÇÃO DO LIVRO ESPÍRITA. - O LIVRO ESPÍRITA. - Dr. HUMBERTO. (Dr. Carlos.)

       DIVULGANDO O LIVRO ESPÍRITA.

 LEIA E ESTUDE AS OBRAS DA CODIFICAÇÃO DA DOUTRINA ESPÍRITA.

 (AMAI-VOS, INSTRUÍ-VOS.) - O ESPÍRITO DE VERDADE.


                                   O LIVRO ESPÍRITA.

            O Livro Espírita, no seu silêncio nos fala verdades incontestáveis, que nos fazem discernir erros e acertos para o bem viver de uma existência.
            Ele é uma essência viva de sabedoria transmitidas por Aqueles que após longa jornada terrena, nos paramos da Espiritualidade lembram de nós, nos transmitem seus conhecimentos, suas experiências, suas oportunidades e suas contribuições do Além para nos auxiliarem no aprendizado e no caminho evolucionista da vida.
            Os brados da espiritualidade nos chegam através deles, ditados pelos Espíritos Iluminados pelo princípio de “justiça”, “amor” e “caridade”, trazem o despertador que nos alerta a vigilância na sua mais ampla plenitude de nossos pensamentos e atos para com os outros e para conosco mesmos.
            Leia. Estude. Pratique. Os conhecimentos arraigados dessas enciclopédias de conhecimento íntimo dos Espíritos.

                                                                       Dr. Humberto.

            (Mensagem recebida em Piracicaba, no dia 30 de novembro de 2011, as 13,20 horas, pelo Médium Dr. Carlos.) 
                                                         

                                   RHEDAM. (mzgcar@gmail.com)

- NOTAS ESPIRITUAIS. - MENSAGEM DE JOANNA DE ÂNGELIS. - CANSAÇO XIV. - JOANNA DE ÂNGELIS. (DIVALDO P. FRANCO.)

 MENSAGEM DE JOANNA DE ÂNGELIS. (DIVALDO P. FRANCO.)

                                               CANSAÇO XIV.

                         Assim crês, assim vês, assim é... porque estás cansado.

                                                           Joanna de Ângelis. – Divaldo Pereira Franco.

Fonte: Dimensões da Verdade - Joanna de Ângelis - D. P. Franco, - 2º. Edição - Livraria Espírita Alvorada Editora - Salvador BA - 1977.


                                   RHEDAM. (mzgcar@gmail.com)

- A ARTE DE VIVER COM... - O CORAÇÃO LIVRE. - N º. 208; - Dr.. HUMBERTO. (Dr. Carlos.)

                           O CORAÇÃO  LIVRE.

                        “E quando estiverdes orando, se alguma coisa tende contra alguém, perdoai”. - Jesus (Marcos, 11:25).

                   Quantas vezes você sentiu-se preso aos seus erros do passado?
                   Quantas e quantas foram às vezes que tentou encontrar um culpado, um responsável pelos seus dissabores do dia a dia?
                   Inúmeras vezes julgou estar sendo perseguido por espíritos inferiores que estão a vos influenciar.
                   Mas, poucas foram às vezes que fizeste um “exame de consciência”, para descobrir as suas irresponsabilidades. A sua culpa. As causas que propiciaram esses fatos.
                   Quando estava vivenciando momentos de alegria, de sorrisos, encontrou-se com os falsos sentimentos de felicidades, confundindo a verdadeira realidade de sua vida, através do seu sorriso que procurava esconder o sentimento de angústia em que vivia.
                   Pensava, sou livre, como um pássaro, vôo a onde quero ir, pensava nada me prende, sou livre.
                   Mas, num estagio de sua vida em que começou a meditar, a refletir, aos poucos foi descobrindo que a vossa liberdade era efêmera.
                   Por quê?
                   A que se prendia?, para não sentir-se verdadeiramente livre?
                   Aos seus maus hábitos!
                   Ao seu egoísmo!
                   Ao seu orgulho!
                   Ao se sentir poderoso, esqueceu que estar no poder é diferente de ser poderoso.
                   A sua vaidade, era um pilar frágil da sua consciência que podia ruir a qualquer hora.
                   A sua vida íntima, o seu Eu excluiu certas atitudes como as de fraternidade, de generosidade, de caridade, de amor, de fé, em Deus, no Cristo, pensava que nada ia mudar que todas as situações em que vivia não iriam acabar.
                   Por viver e pensar assim tornou-se cada dia mais infeliz, na sua prisão íntima.
                   Quando os fatores negativos começam a aparecer, começou a viver mais um outono da existência, ao invés de corrigir-se, proteger-se, vigiar as suas atitudes, manteve-se na mesma posição, quando menos esperou mais um inverno da vida bateu a sua porta. Nesse momento começou com interrogações desnecessárias tais como: “Por que eu?" O que fiz? Será que mereço estar vivendo esses acontecimentos?
                   Caiu em desespero profundo, querendo encontrar fórmulas milagrosas, amuletos, mágicas, queria ter sorte para solucionar rapidamente os seus problemas. Estava preso, aos erros cometidos, era presidiário do próprio passado delituoso para consigo mesmo.
                   Mas, ao olhar para o lado, observou uma pessoa simples, sorridente, carinhosa, meiga para com todos aqueles que passavam por ela. Irradiava felicidade pelo olhar, demonstrava estar vivendo em plena alegria constantemente. Não parecia possuir títulos, nem posses, mas, estava disposta a auxiliar a todos que necessitavam de amparo, de uma guarida, de um ombro amigo, tudo isso e muito mais ela estava sempre pronta a oferecer a todos que solicitavam, sempre com um gesto de fraternidade, um abraço para demonstrar a sua generosidade não negava à ninguém.
                   Mas, o que essa pessoa poderia oferecer aos seus concidadãos em forma de caridade? Tudo aquilo que carregava “livremente em seu coração”: ou seja: “o valor do Amor”. “a coragem da Fé”, a “pratica da Humildade”, as “Preces de Gratidão por todos à quem auxiliou e o forte desejo de trabalhar para auxiliar os necessitados com perseverança, harmonia, paciência e resignação”.

Vivia sempre determinada e guiada pelas Leis da Justiça, do Amor e da Caridade.

                   Deste modo, sentia-se com o coração livre.

                   Faça-o, mesmo...

                                                                                              Dr. Humberto.
                                                                                 
     (Mensagem recebida em Piracicaba, em 14, agosto de 2012, às 17,38 horas, pelo Médium, Dr. Carlos),


                   RHEDAM. (mzgcar@gmail.com)

sábado, 28 de novembro de 2015

- ESQUEMA DE DIVULGAÇÃO DO BLOG: - A ARTE DE VIVER COM... - SEXTA FEIRA.


A ARTE DE VIVER COM...

                   TODOS OS DIAS UMA NOVA MENSAGEM.

                      ESQUEMA DE DIVULGAÇÃO DO BLOG.

                                      SEXTA FEIRA.

1o. - MENSAGEM PARA O DIA.

2o. - MENSAGEM SOBRE “A ARTE DE VIVER COM...”.

3o. - NOTAS ESPIRITUAIS - AUTORES DIVERSOS.

4o. - DIVULGANDO O LIVRO ESPÍRITA.

5o. - ESTUDANDO O LIVRO DOS ESPÍRITOS.

                                                                       RHEDAM.


                                               RHEDAM.(mzgcar@gmail.com)

- MENSAGEM PARA O DIA 04 DE DEZEMBRO.

   Mensagens do Mês de Dezembro Dia:04

“A criança é o dia de amanha, solicitando concurso fraternal.”   

               Meimei.
                                                                      
           AO COMPANHEIRO JUVENIL.
                       
            Meu Filho:
            Integrado numa agremiação juvenil Espiritismo Cristão, você confiadamente, pede esclarecimentos e diretrizes.
            Sinto-me, contudo, embaraçado para fazê-lo.
            Que trabalhador de nossa estirpe estará bastante habilitado para aconselhar com segurança? Quem não terá infantilidades no coração?
            Mas se você está realmente comungando os ideais da Doutrina que nos é preciosa, nela própria você encontrará o roteiro de que necessita.
            O Espiritismo, descerrando a pesada cortina que velava, até agora, os segredos do túmulo, não é somente a academia santificante de sábios e heróis, mas também a escola abençoada de pais e mães, pensadores e artistas, condutores e artífices, formando missionários do bem e do progresso.
            Atendendo-lhe aos ensinamentos, poderá galgar múltiplos degraus da sublime ascensão.
            Entretanto, pássaro embriagado de liberdade, ante o horizonte infinito, você poderá comprometer o trabalho do próprio burilamento espiritual, se não souber manejar, simultaneamente, as asas do entusiasmo e da prudência.
            Nesse sentido, se algo posso rogar a você,não menospreze a experiência dos mais velhos.
            Já sei a qualidade de suas objeções.
            “Nem sempre os maduros são os melhores – dirá em suas reflexões sem palavras -; tenho visto velhos desprezíveis, viciados e portadores de maus exemplos”.
            Não julgues apressadamente. Considere os pioneiros da luta, encontrados por você, no grande caminho da vida, talvez não tenham recebido as oportunidades que brilham em suas mãos.
            Ainda que lhe pareçam inconsistentes ou contraditórios, duros ou existentes, ouça, com respeito e serenidade, o que digam ou ensinem.
            Que seria de nós, sem o esforço de quem nos antecede?
            Invariavelmente, aprendemos alguma coisa de útil ou de belo, alicerçando-nos na lição de quem lutou, antes de nós.
            Acima de tudo, lembre-se de que fomos chamados para ajudar.
            Velhos e novos já possuem críticos em excesso.
            O mundo está repleto de espinheiros e raras criaturas aparecem dispostas ao cultivo do bom grão.
            É possível não possa concordar com as mais velhos em certas particularidades da experiência comum; no entanto, o silêncio é o melhor remédio onde não podemos auxiliar.
            Se você também, vergôneta promissora, pretende adquirir os defeitos dos galhos decadentes, confiando-se aos vermes do sarcasmo ou de rebelião, que será do tronco venerável da vida?
            Em todos os climas, o nosso concurso ativo, na extensão do bem, é o serviço mais apreciável que podemos prestar a Humanidade e ao Mundo. E além disso, saiba que a existência na Terra se assemelha à travessia de uma longa avenida,onde os transeuntes ocupam lugares diferentes, no espaço e no tempo. Hoje começa a palmilhá-la; todavia, dentro de algum tempo, atingirá a posição dos que já amadureceram na jornada, exibindo alterações na carne e carregando diferentes impulsos no coração.
            Cultive a afabilidade com todos e não olvide que a Lei lhe restituirá o que você houver semeado.
            Não inveje a prosperidade dos homens inescrupulosos e indiferentes. A ilusão temporária pode ser dos ímpios; contudo a verdadeira paz é patrimônio dos simples e dos bons...
            Estude e trabalhe, incessantemente. O estudo favorece o crescimento espiritual. O trabalho confere grandeza.
            Conseguira você ostentar os mais belos títulos na galeria dos jovens espiritualistas, mas, se foge ao livro e a observação e se lhe desagradam o serviço e a disciplina, não passará de um menino irrequieto e desarvorado, para quem os dias reservam amargos ensinamentos.
            Quanto ao mais, se você deseja partilhar, com sinceridade, a experiência cristã, comece a viver, entre as paredes de sua própria casa, segundo os princípios sublimes que abraçou com Jesus. Quem puder fazer a boa vizinhança com os parentes consangüíneos ou souber merecer o apoio legítimo dos amigos e conhecidos, terá conquistado elogiáveis habilitações, no campo da vida. Mas se você também está conversando no bem, com receio de praticá-lo, gastando o tesouro do tempo, em vão, prepare-se, convenientemente, para receber dos jovens de amanhã a mesma desconfiança e a mesma ironia com que são tratados os velhos menos felizes de hoje

IRMÃO X. (CHICO XAVIER.)

            Fonte: Livro: “CORREIO FRATERNO” – Autores Diversos – 2 ª. edição. – Editora FEB. – Rio de Janeiro, RJ. – Fevereiro 1978.


                                   RHEDAM. (mzgcar@gmail.com)

- PROBLEMAS DE DROGAS EM SUA FAMÍLIA OU AMIGOS? - PROCURE O NAR-ANON! - / - N º. 162. - APOIO FRATERNO. - CAPÍTULO. I. - PRINCÍPIOS DO APOIO FRATERNO. - 6 º. Princípio: COMPORTAMENTO. - GRUPO APOIO FRATERNO.

                           APOIO FRATERNO.

                 Auxiliando Almas a Vencer a Dependência Química.

                                          CAPÍTULO. I.

                        PRINCÍPIOS DO APOIO FRATERNO.

            6 º. Princípio: COMPORTAMENTO.  

            O comportamento dos dependentes afetas os codependentes, o comportamento dos codependentes afeta os dependentes. Assim, o comportamento agressivo e destrutivo dos dependentes gera atitudes neuróticas e descontroladas nos codependentes.
           
            Os codependentes devem estar conscientes do seu papel no lar e na sociedade. Diante de um comportamento inaceitável não podem competir com ele ou perder a dignidade.

            Uma atitude inconsequente e rebelde não justifica uma reação absurda. É preciso manter o equilíbrio, se quiser dominar a situação, ser dono de sua casa, conduzir sua família no rumo certo.

            Pode parecer que o Apoio Fraterno exige demais dos codependentes e dos dependentes, mas acredita que este é o melhor caminho. É preciso mudar a atitude exterior, pois esta ajuda a mudar a atitude interior; assim uma ajuda a outra.

            Os pais são responsáveis pelo transviamento de um filho que envereda pela senda do mal, apesar dos cuidados que lhe dispensaram?

            “Não; mas quanto piores forem as propensões do filho, tanto mais pesada é a tarefa é a tarefa e tanto maior dos pais, se conseguirem desviá-los do mau caminho”.

            a) Se um filho se torna um homem de bem, a despeito da negligência ou dos maus exemplos de seus pais, tiram estes algum proveito disto?    

            “Deus é justo”. (O Livro dos Espíritos, questão 583).

            Fonte: Livro APOIO FRATERNO - Edson Luis dos Santos Cardozo e Autores Diversos - 3ª edição - Grupo Espírita Seara Do Mestre - Santo Ângelo, RS - Julho 2010.


                        RHEDAM. (mzgcar@gmail.com)

- MENSAGEM SOBRE A CRIANÇA. N º. 162. - A VITÓRIA NA TAREFA EDUCATIVA. - JOAMAR ZANELINI NAZARETH.

         A MISSÃO DOS PAIS ESPÍRITAS.

   A VITÓRIA NA TAREFA EDUCATIVA.

            Não haverá consciência atormentada quando formos pais leais, devotados e sinceros, mesmo que, a tristeza ver nossos filhos incursionando pelos caminhos da criminalidade, da perversidade, do desequilíbrio, da ilusão. O que causará grande tormenta em nossas consciências será a preguiça no exercício de nosso papel paterno/materno, o amor sem limites que cega, a profunda má vontade de grande parte dos pais que acham já saberem tudo, não enxergando suas falhas, e a falta de humildade em reconhecer-nos ainda insipientes quanto aos conhecimentos acerca da educação. Não somos responsáveis pelas imperfeições de nossos filhos, mas sim se adubamos essas tendências infelizes ou se não as conhecermos quanto podíamos.
            O mais importante não é darmos “shows” de virtudes paternais, e sim que os nossos filhos, ao deixarem a vida física, estejam mais enriquecidos espiritualmente e moralmente do que quando chegarem a ela, mesmo que teimem reclacitrar, resistindo teimosamente em abandonar às próprias sombras. Somente haverá um mundo melhor com o bom desempenho da tarefa educativa por parte dos pais nos lares.
            Santo Agostinho esclarece-nos: “Quando os pais hão feito tudo o que devem pelo adiantamento moral dos seus filhos, se não alcançam êxito, não têm de que se inculpar a si mesmos e podem conservar tranquila a consciência”.

Fonte: Livro “UM DESAFIO CHAMADO FAMÍLIA” - autor JeomarZanelini Nazareth - 3 a. Edição - Minas Editora - Araguari, MG - 2000.


                                    RHEDAM. (mzgcar@gmail.com)

- NOTAS ESPIRITUAIS. - MENSAGEM DE JOANNA DE ÂNGELIS. - CANSAÇO XIII. - JOANNA DE ÂNGELIS. (DIVALDO P. FRANCO.)

MENSAGEM DE JOANNA DE ÂNGELIS. (DIVALDO P. FRANCO.)

                                               CANSAÇO XIII.

            Colaboradores fendem as bases do serviço que desdobras, abnegado, desejando amesquinhar-te.

                                                           Joanna de Ângelis. – Divaldo Pereira Franco.

Fonte: Dimensões da Verdade - Joanna de Ângelis - D. P. Franco, - 2º. Edição - Livraria Espírita Alvorada Editora - Salvador BA - 1977.

                                   RHEDAM. (mzgcar@gmail.com)

- MENSAGEM PARA MEDITAR. - N º. 203. - O EGOÍSMO E O ORGULHO VI. - ALLAN KARDEC.

            O EGOÍSMO E O ORGULHO VI.

SUAS CAUSAS, SEUS EFEITOS E OS MEIOS DE DESTRUÍ-LOS.

“A principal dessas causas se liga, evidentemente, à falsa idéia que o homem faz de sua natureza, de seu passado e de seu futuro. Não sabendo de onde vem, se crê mais do que não o é; não sabendo para onde vai, concentra todo o seu pensamento sobre a vida terrestre; ele a vê tão agradável quanto possível;quer todas as satisfações, todos os gozos: é porque caminha, sem escrúpulos, sobre o seu vizinho, se este lhe faz obstáculo; mas, para isso, é necessário que ele domine; a igualdade daria a outros direitos que quer ter sozinho; a fraternidade lhe imporia sacrifícios que estariam em detrimento de seu bem-estar; a liberdade, ele a quer para si, e não a concede, aos outros, senão quando ela não leve nenhum prejuízo às suas prerrogativas. Tendo cada um as mesmas  pretensões, disso resultam conflitos perpétuos, que fazem pagar bem caro alguns dos gozos que venham a se proporcionar”.

                                                                                  ALLAN KARDEC.

            Fonte: O Livro “OBRAS PÓSTUMAS”, - Allan Kardec –27 a. Edição. –Instituto de Difusão Espírita , - Araras, SP. – Maio 2012.


                                   RHEDAM. (mzgcar@gmail.com)

- ESQUEMA DE DIVULGAÇÃO DO BLOG: - A ARTE DE VIVER COM... -QUINTA FEIRA.

                A ARTE DE VIVER COM...

            TODOS OS DIAS UMA NOVA MENSAGEM.

               ESQUEMA DE DIVULGAÇÃO DO BLOG.

                               QUINTA FEIRA.

1o. - MENSAGEM PARA O DIA.

2o. - PARA MEDITAR COM TEMAS DO ESPIRITISMO
                 - PENSAMENTOS DE AUTORES DIVERSOS.

3o. - NOTAS ESPIRITUAIS - AUTORES DIVERSOS.

4o. - MENSAGEM SOBRE A CRIANÇA.

            5o. – MENSAGEM DE AUXÍLIO NO TRATAMENTO DA CO-ADICÇÃO.

                                                                                   RHEDAM.


                                   RHEDAM..(mzgcar@gmail.com)

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

- MENSAGEM PARA O 03 DE DEZEMBRO.

     Mensagens do Mês de Dezembro Dia:03

“Os parentes difíceis, quase sempre, são os fiscais da vida que nos examinam nas lições de progresso espiritual”.  

                                                                         Albino Teixeira.

               RIMAS DE FRATERNIDADE.

            Guarda contigo o Amor Puro por senha
            No roteiro cristão,
            Ainda mesmo quando a amargura venha
            Sangrar-te o coração.

            Quem procura no Cristo, cada dia,
            A bênção de viver
            Sacrifica-se ama e renuncia,
            No perdão por dever.

            Que importam desventuras no caminhos,
            No fel que nos invade,
            Se procurarmos no Celeste Ninho
            A luz da eternidade?

            Tudo passa na Terra e a nossa glória,
            Na alegria ou na dor,
            É refletir na luta transitória
            A sublime vontade do Senhor.

            Só aquele que ajuda, vida a fora,
            Vence as trevas do mal,
            Marchando em Busca Divina aurora
            Para a Vida Imortal.

                                               CARMEN CINIRA.

            Fonte: Livro: “CORREIO FRATERNO” – Autores Diversos – 2 ª. edição. – Editora FEB. – Rio de Janeiro, RJ. – Fevereiro 1978.


                                   RHEDAM. (mzgcar@gmail.com)

- EVANGELHO NO LAR. - RESIGNAÇÃO NÃO É ACOMODAÇÃO! - MEIMEI. (MILTES CARCALHO BONNA)

                          EVANGELHO NO LAR.

 RESIGNAÇÃO NÃO É ACOMODAÇÃO!

                      PARA CRIANÇAS DE 8 A 80 ANOS.

Do Espírito Meimei. - Psicografado pela médium Miltes Carvalho Bonna.

“O homem pode suavizar ou agravar a amargura de suas provas pela maneira de encarar a vida terrena.” (O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO, Cap. 5, Item n º. 13)

            O espírito que Busca os ensinamentos de Jesus e os pratica tem motivos de resignação diante dos infortúnios.
            Ele sabe que resgata dívidas do passado, quando infringiu as leis sábias do Criador, e encontra, agora, a corrigenda que a própria vida lhe oferece.
            O devedor aproveita a oportunidade de pagar uma dívida alta com um desconto grande, por isso, esforça-se para enfrentar todas as dificuldades e se ver livre do débito.
            De outra forma, se ainda contraímos outras dívidas, acumulamos resgates mais graves de serem liberados.
            Diante da dor, relutamos, desgastamo-nos orgânica e mentalmente. A rebeldia, a mágoa, a teimosia prejudicam o cumprimento da prova, facultando maior sofrimento.
            O coração resignado diante dos testemunhos dolorosos da existência beneficia-se com a calma e aceitação dos problemas, condicionando o espírito a superar, com paciência, os testes infligidos pela Lei de Causa e Efeito.
            Portanto, o alerta do Mestre, a respeito das bem-aventuranças dadas ao aflito que soube vencer suas aflições, testemunhando a mansidão, oferece o consolo capaz de acalmar as chagas da alma, preparando-a para a liberação total da dívida.
            Muito será dado ao estudioso do Espiritismo disposto a exemplificar a lição do Cristo no dia-a-dia, na conduta reta e cristã. Quem conhece a mensagem, mas aprega somente para os outros, muito lhe será pedido.

            Fonte: Livro Evangelho no Lar, - autor espiritual Meimei, - Psicografia de Miltes Carvalho Bonna, - 1ª. edição – editora PETIT, - São Paulo, SP. – Verão de 2009.


                                   RHEDAM. (mzgcar@Gmail.com)

- ESTUDANDO O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO. - CAPÍTULO VII. - Bem-aventurados os pobres de espírito. - Instruções dos Espíritos. - O orgulho e a humildade. - Locardaire – Constantina, 1863. - ITEM N º. 11. d) - ALLAN KARDEC.

    EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO.

                           CAPÍTULO VII.

Bem-aventurados os pobres de espírito

Instruções dos Espíritos

O orgulho e a humildade

                                   Locardaire – Constantina, 1863.
  
11. d)  E tu, donzela, pobre criança lançada ao trabalho, às privações, por que esses tristes pensamentos? Por que choras? Dirige a Deus, piedoso e sereno, o teu olhar: Ele dá alimento aos passarinhos; tem-lhe confiança: Ele não te abandonará. O ruído das festas, dos prazeres do mundo, faz bater-te o coração; também desejaras adornar de flores os teus cabelos e misturar-te com os venturosos da Terra. Dizes de ti para contigo que, como essas mulheres que vês passar, despreocupadas e risonhas, também poderias ser rica. Oh! cala-te, criança! Se soubesses quantas lágrimas e dores inomináveis se ocultam sob esses vestidos recamados, quantos soluços são abafados pelos sons dessa orquestra rumorosa, preferirias o teu humilde retiro e a tua pobreza. Conserva-te pura aos olhos de Deus, se não queres que o teu anjo guardião para o seu seio volte, cobrindo o semblante com as suas brancas asas e deixando-te com os teus remorsos, sem guia, sem amparo, neste mundo, onde ficarias perdida, a aguardar a punição no outro. Todos vós que dos homens sofreis injustiças, sede indulgentes para as faltas dos vossos irmãos, ponderando que também vós não vos achais isentos de culpas; é isso caridade, mas é igualmente humildade. Se sofreis pelas calúnias, abaixai a cabeça sob essa prova. Que vos importam as calúnias do mundo? Se é puro o vosso proceder, não pode Deus vô-las compensar? Suportar com coragem as humilhações dos homens é ser humilde e reconhecer que somente Deus é grande e poderoso.

         Fonte: O Evangelho Segundo o Espiritismo - Allan Kardec – Tradução Guillon Ribeiro – 131 a. Edição - Editora FEB – Rio de Janeiro, RJ – janeiro 2013.


                                   RHEDAM.(mzgcar@gmail.com)

- NOTAS ESPIRITUAIS. - MENSAGEM DE JOANNA DE ÂNGELIS. - CANSAÇO XII. - JOANNA DE ÂNGELIS. (DIVALDO P. FRANCO.)

  MENSAGEM DE JOANNA DE ÂNGELIS. (DIVALDO P. FRANCO.)

                                               CANSAÇO XII.

            Irmãos acendem a chama da idiossincrasia e separam aqueles que o teu esforço infatigável reuniu.

                                                           Joanna de Ângelis. – Divaldo Pereira Franco.

Fonte: Dimensões da Verdade - Joanna de Ângelis - D. P. Franco, - 2º. Edição - Livraria Espírita Alvorada Editora - Salvador BA - 1977.


                                   RHEDAM. (mzgcar@gmail.com)

- MENSAGEM DE BEZERRA DE MENEZES. - N º. 041. - NOVA ERA. - BEZERRA DE MENEZES. (CHICO XAVIER.)

MENSAGEM DE BEZERRA DE MENEZES. (CHICO XAVIER.)           
               
                                               NOVA ERA.

            Saudando a Nova Era que surge, estamos também a postos no plano espiritual, nos trabalhos da Unificação, erguendo em todos os corações a chama do ideal espírita:
            - aproximando irmãos de terras distantes;
            - estimulando o serviço assistencial aos carenciados;
            - traduzindo em prosa e verso mensagens do amor cristão;
            - irradiando vibrações de paz aos desesperados que desejam buscar alívio no suicídio;
            - abrigando em nosso regaço as criancinhas desvalidas, pelas mãos caridosas de almas abnegadas;
            - propiciando a bênção do livro espírita-cristão em toda parte, satisfazendo aos anseios de luz que brotam dos corações ávidos de conhecimento;
            - fazendo soar na Terra as clarinadas da evangelização espírita infanto-juvenil, no preparo do mundo de amanhã.
            Trazemos, agora, a nossa palavra de gratidão pela Unificação que se tem processado em todo território nacional, estabelecendo a estrutura sólida do edifício da Fraternidade. Trabalhemos unidos, amando-nos uns aos outros, servindo sem recompensas, construindo o bem, sob as bênçãos do Mestre e Senhor, caminhando jntos para o templo da Fraternidade. Saudamos, assim, os tempos novos, com a nossa prece a Jesus para que a Unificação seja porta a todos os corações para os horizontes de luz do mundo de amanha.
            Nosso emocionado abraço em nome de nosso Mestre.
                        (Mensagem de Bezerra de Menezes, psicografada pela médium Maria Cecília Paiva, na noite de 24 de novembro de 1979, durante a reunião de recepção a D. Maria Raquel Duarte Santos (Vice-Presidente da Federação Espírita Portuguesa) e aos membros da Federação Espírita Brasileira, Francisco Thiessen, Presidente, Juvanir Borges de Souza, Vice-presidente, e D. Maria Cecília Paiva, Diretora do Depto de Infância e Juventude, transcrita do Jornal “Unificação”, veículo oficial de comunicação da USE, n º. 304, p. 1, janeiro/fevereiro de 1980.)

                                                           BEZERRA DE MENEZES. (Chico Xavier)

            Fonte: - O Reformador – Ano 98 – Março, 1980 – N º. 1.812. – F. E. B.


                                   RHEDAM. (mzgcar@gmail.com)

- ESQUEMA DE DIVULGAÇÃO DO BLOG: - A ARTE DE VIVER COM... -TERÇA FEIRA.

        A ARTE DE VIVER COM...

          TODOS OS DIAS UMA NOVA MENSAGEM.

             ESQUEMA DE DIVULGAÇÃO DO BLOG.

                             TERÇA FEIRA.

1o. - MENSAGEM PARA O DIA.

2o. - APRENDENDO COM CHICO XAVIER.

3o. - NOTAS ESPIRITUAIS - AUTORES DIVERSOS.

4o. - MENSAGENS PARA OS JOVENS.
       - TEMAS SOBRE O JOVEM E SEUS PROBLEMAS.

5o. - MENSAGENS PARA A UNIFICAÇÃO DOESPIRITISMO.

            CAMPANHA: USE - SÃO PAULO. - FEB.

                                                           RHEDAM.


                                               RHEDAM.(mzgcar@gmail.com)