sexta-feira, 18 de agosto de 2017

- ESQUEMA DE DIVULGAÇÃO DO BLOG: - A ARTE DE VIVER COM... - TERÇA FEIRA.

        A ARTE DE VIVER COM...

          TODOS OS DIAS UMA NOVA MENSAGEM.

             ESQUEMA DE DIVULGAÇÃO DO BLOG.

                             TERÇA FEIRA.

1o. - MENSAGEM PARA O DIA.

2o. - APRENDENDO COM CHICO XAVIER.

3o. - NOTAS ESPIRITUAIS - AUTORES DIVERSOS.

4o. - MENSAGENS PARA OS JOVENS.
       - TEMAS SOBRE O JOVEM E SEUS PROBLEMAS.

5o. - MENSAGENS PARA A UNIFICAÇÃO DO ESPIRITISMO.

            CAMPANHA: USE - SÃO PAULO. - FEB.

                                                           RHEDAM.

                                               RHEDAM.(mzgcar@gmail.com)

- MENSAGEM PARA O DIA 22 DE AGOSTO.



   Mensagens do Mês de Agosto Dia:22

   “Se queres verdadeiramente encontrar-te sai de ti mesmo”.           

                                                              Albino Teixeira.

              EM NOSSO TRABALHO.

            “Porque toda a casa é edificada pro alguém, mas o que edificou todas as coisas é Deus”. - Paulo. (HEBREUS, 3:4.)

            O Supremo Senhor criou o Universo, entretanto, cada criatura organiza seu mundo particular.
            O Arquiteto Divino é o possuidor de todas as edificações, todavia, cada Espírito constrói a habitação que lhe é própria.
            O Doador do Infinito Bem espalha valores ilimitados na Criação, contudo, cada um de nós outros deverá criar valores que nos sejam inerentes à personalidade.
            A natureza maternal, rica de bênçãos, em toda parte constitui a representação do patrimônio imensurável do Poder Divino e, em todo lugar, onde exista alguém, aí palpita a vontade criadora do homem, que é o herdeiro de Deus.
            O Pai levanta fundamentos e estabelece leis.
            Os filhos contribuem na construção das obras e operam interferências.
            É compreensível, portanto, que empenhemos todo o cuidado em nosso esforço individualista, nas edificações do mundo, convictos de que responderemos pela nossa atuação, todos os quadros da vida.
            Colaboremos no bem com o entusiasmo de quem reconhece a utilidade da própria ação, nos círculos do serviço, mas sem paixões destruidoras que nos amarrem às ilhas do isolacionismo.
            Apresentemos nosso trabalho ao Senhor, diariamente, e peçamos a ele destrua as particularidades em desacordo com os seus propósitos soberanos e justos, rogando-Lhe visão e entendimento.
            Seremos compelidos a formar o campo mental de nós mesmos, a erguer a casa de nossa elevação e a construir o santuário que nos seja próprio.
            No desdobramento desse serviço, porém, jamais nos esqueçamos de que todos os patrimônios da vida pertencem a Deus.

                                                                       Emmanuel. (Chico Xavier).

            Fonte: Livro “VINHA DE LUZ” - EMMANUEL - Psicografado Por FRANSCICO C. XAVIER - 10º. Edição - Editora FEB - Rio de Janeiro - 1982

                                   RHEDAM.(mzgcar@gmail.com)

- MENSAGEM ESPECIAL. - É RAZOÁVEL PENSAR NISTO. - ANDRÉ LUIZ. (CHICO XAVIER.)



      É RAZOÁVEL PENSAR NISTO.

            A paciência não é um vitral gracioso para as suas horas de lazer. É amparo destinado aos obstáculos.

            A serenidade não é jardim para os seus dias dourados. É suprimento de paz para as decepções de seu caminho.

            A calma não é harmonioso violino para as suas conversações agradáveis. É valor substancial para os seus entendimentos difíceis.

            A tolerância não é saboroso vinho para os seus minutos de camaradagem. É porta valiosa para que você demonstre boa-vontade, ante os companheiros menos evolvidos.

            A boa cooperação não é processo fácil de receber concurso alheio. É o meio de você ajudar ao companheiro que necessita.

            A confiança não é um néctar para as suas noites de prata. É refugio certo para as ocasiões de tormenta.

            O otimismo não constitui poltrona preguiçosa para os seus crepúsculos de anil. é manancial de forças para os seus dias de luta.

            A resistência não é adorno verbalista. É sustento de sua fé.

            A esperança não é genuflexório de simples contemplação. É energia para as realizações elevadas que competem ao seu espírito.

            Virtude não é flor ornamental. É fruto abençoado do esforço próprio que você deve usar e engrandecer no momento oportuno.

Fonte: Agenda Cristã - André Luiz - Francisco C. Xavier - Editora FEB - Rio de Janeiro RJ.

                                   RHEDAM. (mzgcar@gmail.com)

- ESTUDANDO O LIVRO DOS MÉDIUNS. - SEGUNDA PARTE. - CAPÍTULO XIII. - PSICOGRAFIA - PSICOGRAFIA INDIRETA: CESTAS E PRANCHETAS - PSICOGRAFIA DIRETA OU MANUAL. - ITEM N º. 156. - ALLAN KARDEC.


           O LIVRO DOS MÉDIUNS.

                      SEGUNDA PARTE.

                           CAPÍTULO XIII.

                        PSICOGRAFIA

PSICOGRAFIA INDIRETA: CESTAS E PRANCHETAS

        PSICOGRAFIA DIRETA OU MANUAL.

156. Em vez de cesta, algumas pessoas se servem de uma espécie de mesa pequenina, feita de propósito, tendo de doze a quinze centímetros de comprimento, por cinco a seis de altura, e três pés a um dos quais se adapta um lápis. Os dois outros são arredondados, ou munidos de uma bola de marfim, para deslizar mais facilmente sobre o papel. Outros se utilizam apenas de uma prancheta de quinze a vinte centímetros quadrados, triangular, oblonga, ou oval. Num dos bordos, há um furo oblíquo para introduzir-se o lápis.
Colocada em posição de escrever, ela fica inclinada e se apóia por um dos lados no papel. Algumas trazem desse lado rodízios para lhe facilitarem o movimento. É de ver-se, em suma, que todos esses dispositivos nada têm de absoluto.
O melhor é o que for mais cômodo.
Com qualquer desses aparelhos, quase sempre é preciso que os operadores sejam dois; mas, não é necessário que ambos sejam dotados de faculdades mediúnicas. Um serve unicamente para manter o equilíbrio e poupar ao médium excesso de fadiga.

                        Fonte, Livro dos Médiuns, Allan Kardec, da 18º. edição, abril de 1991, do Instituto de Difusão Espírita de Araras, SP.                     

                                   RHEDAM.(mzgcar@gmail.com)

- TEMAS SOBRE A FAMÍLIA. - Nº. 207.- PERCEPÇÃO DA CRIANÇA EXCEPCIONAL. - JOAMAR ZANELINI NAZARETH.



   PERCEPÇÃO DA CRIANÇA EXCEPCIONAL.

            Não pensemos que a existência como excepcional seja perdida em termos de aprendizado. O espírito sofre por não poder manifestar-se, contudo mantém todas as suas faculdades e gradativamente aprenderá a não utilizá-las mal. Crianças excepcionai significam, muitas vezes, o retorno de grandes intelectuais, gênios que caíram no orgulho e no abuso. Os mentores da vida maior elucidaram a Kardec: “ A superioridade moral nem sempre guarda proporção com a superioridade intectual”.
            Sobretudo, quando fora do corpo, têm – de acordo com o grau evolutivo de cada um – percepção as situação e da prova a que estão submetidos. Chico Xavier elucida como se sentem e como são tratadas; “Sentem e ouvem, registram e sabem de que modo são tratadas; elas são profundamente lúcidas na intimidade do próprio ser”.

Fonte: Livro “UM DESAFIO CHAMADO FAMÍLIA” - autor Joamar Zanelini Nazareth - 3 a. Edição - Minas Editora - Araguari, MG - 2000.

                                   RHEDAM. (mzgcar@gmail.com)