terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

- ARTE DE VIVER COM... - O PEDIDO DE PERDÃO ENOBRECE HOMEM.- Dr. HUMBERTO. (Dr. Carlos.)



O PEDIDO DE PERDÃO ENOBRECE HOMEM.

  “Ó Deus tem piedade de mim, que sou pecador”.  Jesus.  (Lucas, 18:13).
  
            Quando nos sentimos cansados de suportarmos nossas provas e expiações e humilhados pelas nossas faltas cometidas no dia a dia, descobrimos a realidade em que vivemos, sabendo de que alguém superior a nós poderá amenizar as nossas angustias morais que nos causam grandes transtornos em nossa alma.
            Nessa relação íntima conosco mesmo confessamos os nossos erros que devem ter prejudicados de alguma forma pessoas do nosso relacionamento familiar e social que, passaram também por momentos angustiosos e se tornaram infelizes.
Nesta hora queremos a solução imediata para o que estamos sentindo, mas as Leis Naturais das quais nós temos que usufruir tanto para o mérito como para a nossa desdita nos fazem lembrar os ensinamentos do Mestre que nos disse: “a cada um segundo as suas obras”. Desta maneira sentiremos da mesma maneira o que causamos aos nossos irmãos, convivas da humanidade, pois, o grau desta expiação será o mesmo grau de severidade, aos quais fizemos os outros expiar.
Ao rogarmos piedade ao Senhor do Universo, devemos manter nossa atenção ao exame da consciência, juiz implacável dos nossos atos, palavras e pensamentos que expõem as nossas intenções boas ou más.
Devemos nos questionarmos o por que das nossas atitudes muitas vezes dolorosas para aqueles que sentiram todas elas, e, descobriremos que na sua maioria, naquele momento estávamos exacerbando o nosso egoísmo e o nosso orgulho, vaidosos de falsa superioridade e de sentimentos como se fossemos intocáveis, humilhando-os.
Eis, o momento de nos voltarmos para nós mesmos, humildemente, e tentarmos reparar erros do passado dos quais somos vitima, como foram aqueces aquém prejudicamos.
Neste pedido expresso, nos cabe procurar os que foram por nós ofendidos e rogar à eles um pedido de perdão e solucionando situações adversas as quais fomos os protagonistas de tantas dores e ressentimentos. Caberá a eles aceitar ou não os nossos pedidos de reparação, mas é nossa a necessidade de tentarmos conquistar esta clemência com muita humildade. Para podermos ainda nesta existência saldar débitos éticos que nos causam tantos sofrimentos e que poderão ser as causas de doenças físicas as quais poderemos somatiza-las.
Conscientemente a nossa alma nos falará: - serás perdoado, conforme perdoares - a todos aqueles que julgares serem os teus algozes.  
Medite.  Orai e perdoai. Vigiando-te para não caíres em novas tentações.


                                                                                              Dr. HUMBERTO.

(Mensagem recebida em Piracicaba, SP, em 07 de Fevereiro de 2017, às 15,19 horas, pelo Médium, Dr. Carlos).


                                   RHEDAM. (mzgcar@gmail.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário